Select Language

Check Application Status
en

Resource Zone

A mentalidade é importante

Michele E. Gervais, BA

Rate 1 Rate 2 Rate 3 Rate 4 Rate 5 0 Ratings Choose a rating
Please Login or Become A Member for additional features

Note: Any content shared is only viewable to MDRT members.

Passos simples para superar os pensamentos improdutivos em você e na equipe.

A mentalidade é o diferenciador número 1 de consultores motivados e talentosos. A forma como você pensa e se apresenta ao mundo tem um impacto profundo nos resultados do seu negócio, na sua qualidade de vida e no envolvimento com todos ao seu redor.

Sua paisagem mental (em inglês, mindscape) é onde suas crenças, suposições e padrões de pensamento vagam e ditam suas escolhas comportamentais. O modo como você pensa reflete na vida real como um conjunto de comportamentos observáveis e mensuráveis. Significa que você pode aprender a pensar de uma maneira específica, ensinar outras pessoas a fazer o mesmo e incorporar esses processos como um sistema sustentável em sua prática e em outras partes da sua vida.

Faça uma escolha consciente

Considere o seguinte: Se você está comprometido com o melhor, é provável que valorize o cuidado com a sua saúde física. Talvez você vá para a academia, treine seu corpo, coma alimentos nutritivos e descanse em uma cama confortável.

Por que você faz isso? O seu processo de bem-estar físico fornece vibração, força, longevidade e uma saída positiva para o estresse, então você o torna uma prioridade. Além disso, você gosta. Manter sua paisagem mental vigorosamente saudável é a mesma coisa. Esses músculos são cuidadosos, alongados e esfregados, porque quando sua mente está afiada, você pode tomar as melhores decisões e manter o curso.

A sua paisagem mental deve ser como uma zona de tolerância zero para pensamentos desonestos que têm intenções maliciosas de derrubá-lo. É absolutamente vital que proteja e desenvolva a sua mente rigorosamente. Abra sua paisagem mental apenas para pensamentos produtivos. Responsabilize-se por este compromisso.

Faça algo para ganhar impulso

Realisticamente, você tem muita coisa em processo. As distrações e comportamentos de auto-sabotagem podem importuná-lo quando você se torna vulnerável diante do volume, desafios além do seu controle ou a fadiga. Avalie a si mesmo. Quais são seus momentos vulneráveis numa semana típica? Especificamente, o que tira você do jogo? Quais comportamentos de auto-sabotagem você segue?

Neutralize isso com uma ação simples que permitirá a sua mudança imediata para o momento produtivo. Qual é a única coisa que você pode fazer que terá o maior impacto? Exemplos:

  • Reserve uma hora todas as sextas-feiras de manhã para pensar sobre o seu negócio.
  • Inicie todas as manhãs com um exercício respiratório de cinco minutos para clarear sua mente.
  • Substitua uma bebida não saudável por um copo de água.
  • Sempre que você se sentar, pergunte-se: "Qual é o melhor uso do meu tempo?"

Posicione-se como um centro de valor

Liste os seus principais pontos fortes nos quais você sabe que pode confiar. Pense em suas qualidades (o que o torna resiliente?), suas habilidades profissionais (qual é o seu maior talento?) e seus valores pessoais (o que você lutaria para proteger?).

Pegue um pedaço de papel e desenhe um círculo no meio da página. Coloque seu nome nele. Agora, desenhe outros círculos menores fora deste, representando cada área-chave de sua vida, como sua família, sua prática, outros empreendimentos comerciais, organizações de caridade e compromissos comunitários. Considerando seus pontos fortes, qual é o valor mais alto que você pode contribuir para cada área? Quanto tempo você pode investir em cada um? Talvez seja a hora de redefinir seu tempo e as contribuições de valor.

Mude seu pensamento

Seus pensamentos abrem os caminhos em seu cérebro e sempre escolhem o caminho de menor resistência, como a água que desce de uma montanha. Os pensamentos repetitivos criam marcas profundas. Erradique-os implantando a "interrupção do pensamento" e substitua-os por novos caminhos produtivos usando a "mudança de pensamento".

Nas próximas 24 horas, observe seus pensamentos. Se um pensamento improdutivo surgir, interrompa-o e substitua-o conscientemente por algo completamente novo, fazendo uma pergunta inconstante, como: "O que estou tentando fazer aqui? Como posso tornar isso possível?” Isso pode ajudá-lo a se levantar no momento em que perceber que seu pensamento é improdutivo e a mover-se fisicamente em direção a um ponto diferente.

Por exemplo, imagine que você está ruminando algo sobre sua equipe. Rotina de pensamentos improdutivos: “Minha equipe comete erros constantemente." "Nunca vou encontrar um time competente.” Perguntas de mudança de pensamento: "O que pode estar acontecendo?" "Qual sistema não está funcionando?" Talvez seja um sistema de comunicação deficiente, falta de prioridades claras, falta de treinamento, nenhum modelo de processo, falta de sistema de verificação cruzada, pessoas erradas ou funções indefinidas.

Incorpore a mudança de pensamento no seu negócio. Por exemplo, quando a equipe apresentar um problema, faça uma pergunta inconstante para mudar a perspectiva deles. Construa as questões de mudança no seu processo de resolução de conflitos. Coloque um barômetro da paisagem mental em sua agenda de reunião de equipe semanal e pergunte: "O que funcionou bem para você esta semana? Quais oportunidades de melhoria você procurou e em quais atuou?”

Brinque com novas ideias. Estique seu cérebro. É saudável.

Como você sabe quando está preso em algo?

Quando você está no topo da produtividade, sua mente está clara, você prioriza as atividades certas e tem a capacidade de executar as decisões com confiança. Quando você está vulnerável, as distrações e os comportamentos de auto-sabotagem podem importuná-lo e levá-lo a um ponto de paralisação. Se você alavancar os seus processos de pensamento, você se envolverá em comportamentos prósperos. Teste-se:

  • Você pode descrever por que está fazendo as coisas da forma que está fazendo agora?
  • Você tem tempo bloqueado em sua agenda para pensar sobre o seu negócio todas as semanas?
  • O seu calendário está alinhado com a sua estratégia e o plano de marketing?
  • Você oferece o seu melhor em todas as áreas da sua vida?
  • Você diz 'não' às distrações e se sente bem com isso?
  • Você sempre evita ou mitiga comportamentos de auto-sabotagem?
  • Você se descreveria como uma pessoa fisicamente e mentalmente vibrante?
  • Você se sente essencialmente realizado em sua vida?

Se alguma das suas respostas é 'não' ou se você sente que está travando ou executando muito, mas não está chegando aonde deseja, experimente algumas das técnicas deste artigo.

Michele Gervais é uma consultora de soluções de negócios, de London, Ontário, Canadá, especializada em trabalhar com consultores financeiros. Ela palestrou na Reunião Anual e Conferência Global Virtual da MDRT 2020. Assista ao vídeo na Zona de Recursos em mdrt.org.

 

{{GetTotalComments()}} Comments

Please Login or Become A Member to add comments