Select Language

Check Application Status
en

Resource Zone

2020 Presidente da Fundação MDRT

Matt Pais

Rate 1 Rate 2 Rate 3 Rate 4 Rate 5 0 Ratings Choose a rating
Please Login or Become A Member for additional features

Note: Any content shared is only viewable to MDRT members.

Tarpey enxerga os relacionamentos e o trabalho em equipe como fatores-chave para a generosidade.

O HOMEM já passara dos 80 anos de idade e vivia na região de extrema pobreza de Appalachia, estado do Kentucky, EUA. Tendo crescido trabalhando nas minas de carvão e com acesso mínimo à educação e aos serviços de saúde, ele conseguiu que membros do ministério estudantil do campus da Universidade de Fordham consertassem seu telhado e pintassem sua casa. No entanto, Brian G. Tarpey, com quase 21 anos de idade e voluntário pela primeira vez, ainda se lembra da profunda gratidão e da felicidade que esse homem demonstrou pelos serviços.

"Não por estarmos prestando um serviço para ele, mas porque ele podia ficar conosco e nos contar sobre a sua vida" – disse Tarpey, membro da MDRT há 16 anos, de Fairfield, Nova Jersey, e Presidente da Fundação MDRT em 2020.

“Havia algo que me chamou a atenção, tanto no seu sorriso quanto nos seus olhos, como se ele soubesse de algo que nós não sabíamos” – disse Tarpey. “Hoje, acho que entendo o que os olhos daquele homem queriam me dizer: que a vida se resume aos relacionamentos, e ter tempo livre para ficar com pessoas que você ama, que te dão prazer ou que fazem negócios com você. Trata-se de um presente incrível e da verdadeira riqueza desta vida".

Todas as coisas que pareciam ser problemas pesados na minha vida realmente se dissiparam quando em me envolvi naquele serviço.

Décadas mais tarde, Tarpey reconhece que a Fundação MDRT o ajudou muito a redescobrir o que ele aprendeu nas Montanhas Apalaches, mas perdeu o fio da meada quanto “começou a batalhar por dinheiro e sucesso em sua carreira, pensando que essa seria a resposta para tudo".

Na verdade, a mudança começou a acontecer em 2003, na primeira Reunião Anual da MDRT em que Tarpey participou, onde o palestrante falou sobre saber o “porquê” de atuar como profissional na área de serviços financeiros. Tarpey também visitou o estande da Fundação MDRT na reunião, e iniciou o que já são 15 anos de envolvimento com a organização, incluindo seu voluntariado em comitês, doações pessoais e solicitações de verbas para organizações locais.

Uma delas é a Spectrum360, que atende a 350 crianças com deficiência de aprendizagem, autismo e outros problemas físicos e de desenvolvimento. Outra verba que ele assegurou foi para a Covenant House, que recebeu verbas para jovens sem-teto da cidade de Nova York.

“É um impacto realmente profundo ver os resultados que essas escolas proporcionam às famílias” – Tarpey disse. “Poder dar o meu apoio é um privilégio incrível com que a Fundação me agraciou. Todas as coisas que pareciam ser problemas pesados na minha vida realmente se dissiparam quando em me envolvi naquele serviço.

Tarpey sabe que essa generosidade nem sempre foi uma missão sua. Ele cresceu com oito irmãos e irmãs e viu sua mãe ser forçada a vender sua casa depois da morte do seu pai, deixando duas hipotecas para trás, sem seguro. Ele tinha o objetivo maior de ser um provedor e não um doador, iniciando sua carreira como corretor de seguros para pessoas jurídicas.

“Eu estava apenas em busca de segurança financeira, livre de encargos, para mim e para minha esposa, e sabíamos que queríamos constituir uma família" – disse ele.

Mas a MDRT e a Fundação MDRT ampliaram o pensamento de Tarpey, incluindo projetos de educação e serviços comunitários entre seus objetivos. Entre eles, o Desafio Million Meal, na Reunião Anual de 2010 em Vancouver, onde Tarpey passou horas descarregando sacos de 20 kg de arroz e trabalhando com a Soles4Souls em 2014, doando calçados em comunidades do nordeste devastadas pelo Furacão Sandy.

Contribuições como essa se tornaram comuns na vida de Tarpey, que compreende o impacto que as escolhas têm, seja no seu planejamento financeiro, para proteger sua família, ou compartilhando seu trabalho com sua irmã, que agora está se juntando a ele na mesma prática profissional, depois de ter se formado pela Universidade de Cornell.

"Quando ela tinha 10 anos, ela me viu lendo uma solicitação de verba e perguntou por que eu estava chorando" – ele conta. “Expliquei a ela o que estava fazendo, e agora ela se juntou à nossa prática de consultoria em RH, com foco na elaboração de políticas públicas para aprofundar as mudanças sociais entre as empresas da América".

Como todo bom marido, Tarpey valoriza sua esposa, Penny, por ser a pessoa que ela é, e da mesma forma, valoriza o Conselho, os profissionais e os voluntários Fundação MDRT, pelo crescimento da organização. Como Presidente, ele pretende lutar pela integração dos financiamentos da Fundação às oportunidades de serviços e impacto social.

“A Fundação está passando por uma mudança na forma como reúne essas duas missões" – disse ele. “Uma das coisas que reconhecemos é que a associação de pessoas mais jovens é incentivada para que façam contribuições significativas com sua consciência social, de forma profundamente impactante, nas comunidades em todo o planeta.

“Essa é a evolução da nossa visão, e a minha função será iniciar o diálogo e lançar uma luz sobre as primeiras etapas em direção a essa visão".

Contato: Brian Tarpey btarpey@tarpeygroup.com

 

{{GetTotalComments()}} Comments

Please Login or Become A Member to add comments