Select Language

Check Application Status
en

Resource Zone

Como o seguro de um cliente deve mudar ao longo do tempo

Bryce Sanders

Rate 1 Rate 2 Rate 3 Rate 4 Rate 5 0 Ratings Choose a rating
Please Login or Become A Member for additional features

Note: Any content shared is only viewable to MDRT members.

O seguro precisa mudar com o tempo, mas seu cliente pode esquecer isso. Certifique-se de conversar periodicamente sobre isso com cada um de seus clientes, garantindo que eles estejam protegidos.

Muitas pessoas procuram o melhor preço da gasolina, mas talvez não façam o mesmo com o seguro. Eles compram uma apólice residencial ao mesmo tempo em que compram uma casa e mantêm essa apólice inalterada até o dia de vender a propriedade. Se eles fizerem isso com a apólice residencial e o resto do seguro, eles podem, sem saber, ter uma cobertura com lacunas significativas que podem colocá-los em risco. Você e eu sabemos que o seguro precisa ser alterado com o tempo. Certifique-se de conversar periodicamente sobre isso com cada um de seus clientes. 

10 exemplos de como as necessidades de seguro mudam

As necessidades do seguro mudam frequentemente junto com os eventos de mudança de vida. Esses incluem:

  1. Graduar na faculdade. A vida do seu cliente está à frente deles. Embora a aposentadoria pareça distante, nunca é muito cedo para começarem a economizar para esse objetivo. As anuidades são um produto óbvio. Um consultor qualificado também pode aconselhar o cliente sobre outras formas de poupança que são recomendados para aposentadoria, como maximizar suas contribuições através do plano americano 401(k).
  2. Comprar um carro. O carro precisa de seguro. Se é um carro novo, provavelmente inclui a colisão. Conforme o carro envelhece e perde o valor, a proteção contra colisões pode não ser tão importante. Obter carros cada vez melhores significa adquirir um seguro melhor.
  3. Casar. É um grande passo. Eles provavelmente estarão planejando uma família. O seguro de vida inteira é importante. Ele fornece proteção e cria valor em dinheiro.
  4. Comprar uma casa. A casa requer um seguro residencial. Eles provavelmente têm uma hipoteca. Provavelmente, mais seguro de vida é uma boa ideia.
  5. Ter um filho. É outro motivo de comemoração. A faculdade vai custar uma fortuna. Seu cliente pode começar a economizar agora.
  6. Comprar uma casa de férias. Isso requer uma cobertura de seguro adicional, especialmente se o imóvel está localizado em uma parte do país que está sujeita a condições meteorológicas extremas, como inundações. Eles têm a cobertura necessária? 
  7. Doença em famílias extensas. Seus clientes estão envelhecendo, mas os cabelos ainda não mudaram de cor. Eles estão começando a pensar: “Isso pode acontecer conosco”. Faz sentido comprar um seguro de assistência de longo prazo quando você é mais jovem.
  8. Aproximando-se da aposentadoria. Os clientes acumularam um valor significativo em dinheiro em suas apólices de seguro de vida. Agora, eles precisam de renda durante a aposentadoria. Faz sentido transferir o valor em dinheiro com o objetivo de adquirir uma renda vitalícia?
  9. Doações de caridade. Seu cliente tem as instituições de caridade que mais amam. Eles querem fazer a diferença. Eles podem designar uma ou mais instituições de caridade como beneficiárias das apólices de seguro de vida que possuem atualmente?
  10. Planejamento sucessório. O governo pode mudar o limite do pagamento de impostos imobiliários em nível federal. Algumas apólices de seguro de vida do cliente podem ser designadas para pagar os impostos imobiliários? Isso pode exigir o estabelecimento de uma relação fiduciária separada. Como um agente, você conhece as pessoas que podem ajudar.

O seguro não é uma linha de produtos do tipo “configure e esqueça”. O seguro é dinâmico. Isso pode mudar junto com a situação do cliente. É por isso que eles precisam de um bom agente.

Bryce Sanders é presidente da Perceptive Business Solutions Inc. Seu livro, Captivating the Wealthy Investor (Cativando o Investidor Abastado), pode ser encontrado no site da Amazon.

This originally appeared in the MDRT Blog.

 

{{GetTotalComments()}} Comments

Please Login or Become A Member to add comments