Select Language

Check Application Status
en

Resource Zone

Além de um roupão e pantufas: Habilidades de sobrevivência para trabalhar em casa

Kate Zabriskie

Rate 1 Rate 2 Rate 3 Rate 4 Rate 5 0 Ratings Choose a rating
Please Login or Become A Member for additional features

Note: Any content shared is only viewable to MDRT members.

Para aproveitar o máximo do trabalho remoto, experimente algumas dessas práticas recomendadas.

Trabalhar em casa, por escolha ou por necessidade, apresenta um conjunto único de oportunidades e desafios. Se você é novo no trabalho remoto, provavelmente descobrirá que, se não há alguma disciplina, você acorda muito além do horário normal e adota comportamentos que não exibiria nem em seu pior dia no escritório.

No começo, você pode adentrar a madrugada por um ou dois dias e usar pijama ao meio-dia. No entanto, imitar o bicho preguiça é um hábito que poucos profissionais adotariam com entusiasmo no longo prazo. Para aproveitar o máximo do trabalho remoto, você precisa dominar algumas práticas recomendadas.

Crie e mantenha uma rotina

Reconheça o fato de que o trabalho remoto exige autodisciplina. Se um dia você acorda às 5 da manhã, outro às 9 e depois às 10, saiba que esse padrão pode levá-lo ao caminho do desastre. Estabeleça algumas horas de trabalho e mantenha elas. Além disso, certifique-se de fazer algumas pausas regulares. Você precisa comer, ficar em pé e se alongar. Você também precisa desativar o trabalho quando finalizar o seu horário comercial. Verificar o e-mail à meia-noite não é uma boa ideia, a menos que você trabalhe em algo que exija isso. Você precisa estabelecer limites psicológicos para manter o trabalho e o lar separados.

Aprenda sobre as novas tecnologias e aproveite as antigas

Ao trabalhar à distância, você deve aprender a usar o software de conferência virtual mais popular, se sentir confortável na câmera e se preparar para fazer encontros online regulares. O mundo está se mudando para sala de conferências virtual e você precisa saber como operar nesse espaço. "Eu não gosto de estar diante das câmeras", "Eu não sou uma pessoa técnica" e "Eu gosto de ligar" são desculpas que podem deixar você para trás. Ninguém fica confortável com uma webcam; isso é um fato. Também é fato que as expressões faciais, linguagem corporal e outras pistas visuais são uma grande parte da comunicação. Se eles estão ausentes, você está perdendo. [Read more in "Building better video conferences."]

Além de dominar a videoconferência, se você está trabalhando com apenas uma tela, considere investir em mais uma ou duas. Isso pode ser útil, especialmente se você não tem acesso a uma impressora de alta velocidade e precisa ler muitos documentos que normalmente imprimiria no escritório.

Permaneça conectado

Trabalhar sozinho economiza horas, mas a falta das conversas de interações casuais também pode causar um sofrimento no relacionamento entre colegas de trabalho. Para solucionar o problema, você precisa considerá-lo em sua comunicação e agendar um horário para recuperar isso.

Separe alguns minutos durante o dia de trabalho para conversar com os colegas. Não está trabalhando em um projeto que precise de reuniões? Considere a possibilidade de marcar uma data de almoço virtual. A maioria das pessoas podem acordar um dia se sentindo isolada e não possui um plano de contato. Prepare-se para interações sociais regulares antes de começar a sentir falta delas.

Procure por oportunidade

Se você está trabalhando em casa e tem algumas horas extras disponíveis, tome uma iniciativa e aprenda algumas habilidades novas. Qualquer coisa que você possa fazer para expandir seus conhecimentos, práticas de trabalho ou rede profissional pode ajudá-lo mais tarde.

  1. Considere desenvolver o seu próprio plano de educação. Por exemplo, em vez de seguir o mesmo caminho do PowerPoint, aprenda a usar o 'slide master', modelos e outros recursos para que cada ferramenta seja útil para você da maneira que os desenvolvedores planejaram.
  2. Procure formas de tornar o seu trabalho mais eficiente. Que tal organizar seu sistema de e-mail? O que acha de usar alguns recursos como criação de regras, uso de pastas e controle da comunicação eletrônica de uma vez por todas? Isso pode ser feito, mas leva tempo. Se você tem alguns minutos de sobra que, caso contrário, teria usado em um deslocamento, aproveite esse momento para fazer isso.
  3. Fique online e expanda sua rede comercial. Revise o seu perfil do LinkedIn e comece a fazer conexões. Procure por pessoas da sua infância, que você conheceu na escola ou que trabalhou junto com você em algum momento da sua carreira. Você nunca sabe como seus esforços para se conectar com outras pessoas pode gerar benefícios no futuro.

Esteja preparado

Trabalhar em casa significa que você precisa se tornar mais autossuficiente. Por exemplo, um grama de prevenção pode fazer toda a diferença quando você encontra um problema na tecnologia.

Comece com o básico. Pense nos seus arquivos e nas ferramentas necessárias para concluir seu trabalho. Por exemplo, você tem um backup na nuvem? Você tem software de acesso remoto para que alguém de TI possa ajudá-lo, caso encontre algum obstáculo?

Seguir rotinas, potencializar a tecnologia, ser intencional na comunicação, reservar um tempo para o desenvolvimento e se preparar para as incertezas são cinco maneiras pelas quais você pode extrair o máximo de aproveito de uma experiência de trabalho em casa.

Kate Zabriskie é presidente da Business Training Works Inc., uma empresa de desenvolvimento de talentos com sede em Maryland. Ela e sua equipe ajudam as empresas a estabelecer estratégias de atendimento ao cliente e a treinar os funcionários para cumprir o prometido. Para obter mais informações, visite businesstrainingworks.com.

Matéria publicada originalmente no Blog da MDRT.

 

{{GetTotalComments()}} Comments

Please Login or Become A Member to add comments